O mito das pernas magras

1

Quando você olha em torno de muitas academias, você certamente vê alguém que tenha bem desenvolvida a parte superior do corpo , e, em seguida, um par de pernas de frango. Algumas dessas pessoas ainda têm na ponta da língua uma lista de desculpas para se retratar a respeito de porque ele está ostentando os palitos que tem nas pernas. Aqui vão os meus favoritos:

“Eu treino pernas muitas vezes, eu trabalho com força e elas simplesmente não crescem!”

“Tenho joelhos ruins, então não posso fazer muitos exercícios para as pernas.”

“É uma coisa genética. Meu pai e todos os meus 42 irmãos têm pernas magras.”

A parte engraçada é que ninguém assume que suas pernas estão magras por que o treino não está no ponto.

wolverine-perna-fina-anderlei

O fortão Hugh Jackman (ator de Wolverine) e suas pernas magras.

Brincadeiras a parte, se você ainda estiver lendo, você é um daqueles 10 por cento que são honestos consigo mesmos e querem fazer algo para mudar para uma situação melhor. Veja então, alguns pontos de sabedoria que vão te fazer perceber que você não está preso ao mito das pernas magras:

 Você realmente treina bastante suas pernas?

Sempre acho engraçado quando as pessoas fazem essa afirmação, e então você percebe que dois terços do seu semanário “treinamento de perna” vem sob a forma de jogos de futebol no fim de semana e caminhadas matinais para o trabalho. Por algum motivo, alguém criou o mito de que os músculos da parte inferior do corpo devem ser treinados uma vez por semana. Infelizmente, a maioria seguiu esse exemplo.

A verdade é que isso se dá por que algumas pessoas não gostam de ver menor desenvolvimento corporal para uma construção de pernas com a rotina de treinamento. No mundo atlético, se você olhar para os programas de formação de atletas com o desenvolvimento mais pesado nas pernas (pense em velocistas, ciclistas, levantadores olímpicos), você vai ver que treino de membros inferiores acarreta na formação muscular do corpo e na dieta!

agachamento-bumbum-perfeito anderlei

Treinamento de Agachamento

Por exemplo, se você adotar treinamentos variados para a parte inferior como “método búlgaro” de baixas repetições e agachamentos, por exemplo, você vai criar um volume acumulado, que não só aumenta a sua força, mas ajuda você a dar um tapa nos hormônios que devem ser liberados.

Então fica dica, converse com seu professor e saia dessa maioria que treina  pernas apenas uma vez por semana. Bora  deixar as pernas musculosas ^^

 

Compartilhe saúde: