Os benefícios da corrida

0

Para passar à corrida, aumenta-se a velocidade ou o ritmo, que deve continuar sendo determinado e controlado pela frequência cardíaca. A corrida possui uma fase aérea, ou seja, um momento em que os dois pés, não tocam o solo e o contato deles com o solo, também é mais rápido. Essa mecânica de movimento torna a corrida a atividade de maior gasto calórico (600 a 800 kcal/hora, considerando um indivíduo de 70 kg).

A desvantagem em relação ao trote e a caminhada  é que o impacto sobre as estruturas articulares na corrida é aproximadamente o dobro do peso corporal.

Então não podemos esquecer que não estamos apenas trabalhando o sistema aeróbio, mas também exigindo esforço de várias outras estruturas do nosso corpo, como tendões, ligamentos, ossos, etc… Daí a importância de uma preparação específica para o treinamento escolhido, visando melhorar previamente a tonicidade, força muscular, níveis de coordenação motora, equilíbrio e flexibilidade, porque cada estrutura do nosso corpo (cartilagens, ossos, músculos) tem um tempo específico para se adaptar ao esforço.

 

Compartilhe saúde: